*A repercussão da tentativa de prisão do "Papa Francisco" e o cancelamento da cerimônia de sacrifício do Nono Círculo em 21 de junho* - Breaking News (Últimas Notícias) Communicado No. 2 do Escritório Central do ITCCS (24.06.2018)

Clique aqui para comentar esta publicação




Bruxelas, Genebra, Roma:

Os quatro xerifes comuns que foram agredidos e detidos por funcionários do Vaticano agindo sob a direção do "Papa Francisco", Jorge Bergoglio, foram libertados de uma prisão municipal de Genebra após negociações concluídas entre seus advogados e autoridades suíças. Os quatro homens foram levados de avião particular para um local não revelado para interrogatório. 

Dois dos xerifes liberados declararam sua intenção de entrar com uma ação contra o pessoal de segurança do Vaticano que os agrediu enquanto cumpriam legalmente um mandado de prisão contra seu empregador, Jorge Bergoglio, que também será apontado como réu na ação.

Em Roma, o Vaticano impôs um apagão mundial da mídia sobre os eventos em Genebra em 21 de junho [solstício de verão], incluindo a interrupção do discurso planejado de Bergoglio aos delegados do Conselho Mundial da Igreja, sua tentativa de prisão pelos xerifes de Direito Comum e o cancelamento do Nono Círculo, cerimônia sacrificial que Bergoglio presidiria na Catedral de Notre Dame em Genebra à meia-noite. 

Uma fonte no Vaticano afirmou hoje que as forças para-militares destinadas a proteger os participantes do Nono Círculo não foram re-implantadas em outro local, indicando que o Círculo atrasou a programação de sua próxima reunião. Para citar a fonte: “Todos aqui estão em estado de confusão e pânico. Fala-se até de cancelar quaisquer aparições papais futuras ”. 

O Papa Francisco está programado para comparecer a reuniões públicas em Dublin entre os dias 24 e 26 de agosto, onde outros protestos e prisões de Direito Comum estão sendo planejadas contra Bergoglio como um criminoso de guerra condenado.

Outras atualizações em breve.




***

Protesto anti-Papa em Dublin, 26 de agosto de 2018


***


NOTA: além do Bergoglio, há mais 11 pessoas (todos homens) como membros ativos e participantes de "um culto secular católico de sacrifício de crianças conhecido como o Nono Círculo", todos nomeados como réus na ação judicial. A lista dos nomes está publicada na matéria deste link:



***

LEIA TAMBÉM:

A Eminente Prisão do Papa Francisco e o Crepúsculo do Fim do Cristianismo.



******


Gostou? Compartilhe esta publicação nas redes sociais

0 comentários:

Postar um comentário