Chile decreta alerta de tsunami após abalo de magnitude 8,3 & E já há alerta de tsunami no Havaí, por causa do terremoto no Chile.

Clique aqui para comentar esta publicação


Chile decreta alerta de tsunami após abalo de magnitude 8,3


Frederick Florin/AFP
Sismógrafo mede intensidade de terremoto
Sismógrafo mede intensidade de terremoto
Da EFE
Santiago - As autoridades do Chile decretaram nesta quarta-feira um alerta de tsunami nos mais quatro mil quilômetros de litoral após o terremoto de magnitude 7,2 na escala Richter no centro do país, enquanto o Serviço Sismológico dos EUA (USGS, sigla em inglês) aumentou a intensidade do tremor para 8,3 graus de magnitude.
O Serviço Hidrográfico e Oceanográfico da Armada (SHOÁ) emitiu o alerta de tsunami em todo o setor litorâneo do Chile e ordenou aos navios que se afastem dez milhas náuticas do litoral.
De acordo com o Centro Nacional de Sismologia da Universidad de Chile, o sismo foi sentido às 19h54, com epicentro localizado 36 quilômetros ao oeste da cidade de Canela e a 11 quilômetros de profundidade.
ADVERTISEMENT
Pelo menos dez réplicas, algumas de magnitude 6, foram sentidas após o forte terremoto que estremeceu o país desde o norte do deserto do Atacama até a região da Araucanía, pelo sul.
Texto atualizado às 20h53

Extraído de: http://exame.abril.com.br/mundo/noticias/chile-decreta-alerta-de-tsunami-apos-abalo-de-magnitude-7-9

***
Sismo de magnitude 7,9 e alerta de tsunami no Havai
Chile
Sismo de magnitude 7,9 e alerta de tsunami no Havai
00:19 - 17-09-2015
Um sismo, com magnitude de 7,9 na escala de Richter abalou, esta quarta-feira à noite, o Chile, de acordo com a BBC.

De acordo com o centro geológico norte-americano há um alerta de tsunami no estado do Havai.

O epicentro do sismo está localizado a uma profundidade de 11 quilómetros na região de Coquimbo. Já foram sentidas várias réplicas, sendo que a mais forte abalou a capital Santiago.
Extraído de: http://www.abola.pt/mundos/ver.aspx?id=571489

Gostou? Compartilhe esta publicação nas redes sociais

0 comentários:

Postar um comentário