UNIDADES ESPECIAIS DE “DERRUBADA” ENTRAM EM AÇÃO NA IMINÊNCIA DA RENÚNCIA DO PAPA - 29.06.2014

Clique aqui para comentar esta publicação



Notícia Importante da Central do ITCCS e do Tribunal de Direito Comum - 29 de junho de 2014 - Bruxelas


Quando o Vaticano se prepara, hoje, para a remoção iminente de Jorge Bergoglio, o "Papa Francisco", do seu escritório, duas Unidades de Ação Direta (UAD) de seguranças treinados foram enviadas pelo Tribunal para Roma e Londres. O seu objetivo será o de ajudar na apreensão de assassinos de crianças conhecidos, associados ao culto sacrificial do Nono Círculo, incluindo o próprio Bergoglio.


"Estamos contando com ativistas de Direito Comum locais e com o público para nos ajudar a parar esses assassinos antes que eles possam prejudicar mais crianças", anunciou um comandante da UAD ligado ao Tribunal.

"Nós temos uma lista dos dezenove principais oficiais da igreja católica e anglicana, incluindo três Jesuítas, que participaram destes assassinatos rituais durante o ano passado. Nossas ordens são para detê-los por todos os meios necessários".

A UAD em Londres tomará medidas para impedir futuras mortes sacrificiais no castelo de Caernarfon, no País de Gales, e no castelo de Balmoral, na Escócia, envolvendo membros da "família real".

No Canadá, os membros da UAD estão se preparando para uma ação semelhante na catedral Maria Rainha do Mundo, em Montreal, onde um grande conclave do Nono Círculo será realizado no dia 15 de agosto.

Esta ação será acompanhada pela proclamação de uma República soberana no Canadá, neste outono, por patriotas, em Winnipeg. A República irá fornecer a base constitucional para os Tribunais de Direito Comum que estão se reunindo em todo o Canadá para condenar assassinos de crianças em ambos, Igreja e Estado.

"A Coroa e o direito canônico são sistemas fraudulentos e criminosos, e por isso eles estão inoperantes agora em nosso país. “Nós precisamos que o Estado de Direito seja restaurado", disse Colin Sullivan, um membro do Conselho Provisório da República da Kanata.

"Então, nós lembramos a cada policial, político e juiz no Canadá que o seu juramento à assassina de crianças condenada, Rainha Elizabeth, está oficialmente nulo e sem efeito, e assim eles devem abandonar os seus escritórios. Agora, eles, e cada verdadeiro patriota, podem fazer parte de uma nação verdadeira e legítima".


Uma transmissão global destas e de outras elucidações históricas, incluindo as ações das UAD em Roma e em Londres, serão publicadas, em 10 de julho (Dia do Jubileu), no www.itccs.org .

Emitido pela Central do ITCCS
29 de junho de 2014


******


***

Tradução e postagem: Portal dos Anjos e das Estrelas de Luz

******


Gostou? Compartilhe esta publicação nas redes sociais

0 comentários:

Postar um comentário