1

Da mais alta estranheza: PAPA BENTO XVI NA RÁDIO ALEMÃ EMITE ALERTA SOBRE AGENDA DO VATICANO & Papa diz que batizaria ET se um alienígena o pedisse

Clique aqui para comentar esta publicação


Da mais alta estranheza: PAPA BENTO XVI NA RÁDIO ALEMÃ EMITE ALERTA SOBRE AGENDA DO VATICANO
Postado em 13 de maio de 2014 por Joseph P. Farrell

Este artigo foi compartilhado comigo por Herr C.S. na Alemanha, e enquanto eu não tenho nenhuma maneira de verificar se o programa de rádio a que se refere o fato ocorreu (afinal de contas, ninguém pode dizer praticamente qualquer coisa na internet), não deixa de ser intrigante o suficiente em face do que eu trago para a sua atenção.

Parece, de acordo com este artigo, que o ex-Papa Bento XVI (Josef Ratzinger) quebrou o silêncio depois da aposentadoria para emitir um aviso sobre relações curiosas dentro do Vaticano:


O ex-Papa adverte sobre agenda alienígena no Vaticano
http://worldnewsdailyreport.com/former-pope-warns-of-vatican-alien-agenda/

Se for verdade, então ele define a "notícia do espaço" ocorrendo durante o mês anterior em um aspecto ainda mais curioso, para Bento XVI isso está confirmando o que a maioria dos observadores do Vaticano há muito tempo sentia estar acontecendo: uma verdadeira luta entre duas facções, uma com a intenção de preservar o que resta da identidade e da cultura católica, na repercussão da revolução do Vaticano II (que o próprio Ratzinger, em sua função como perito sacerdotal ou especialista durante esse conselho, ajudou a conduzir), e o outro com a intenção de transformar completamente a igreja na atividade de algo, em última análise, completamente estranho a qualquer forma historicamente enraizada no Cristianismo, Católico Romano, ou de outra forma. Muitos, incluindo o ex-observador do Vaticano, o falecido Padre Malachi Martin, ele próprio um ex-jesuíta, compartilharam essas preocupações. Para o registro, vale a pena recordar que Martin escreveu um livro sobre a influência subversiva dos jesuítas, e pediu ao Papa Paulo VI (Giovanni Cardeal Montini) para libertá-lo de seus votos da ordem, o que o Papa fez.

Mas o que Bento XVI tem feito é alertar para uma "agenda alienígena". A questão é - assumindo que os comentários relatados no artigo do link acima são verdadeiros - é o que Bento realmente queria dizer com aquela frase "agenda alienígena", para "alien" pode ​​simplesmente significar estrangeiro, isto é, algo intrinsecamente não católico romano ou talvez algo não cristão, ou, no seu atual uso coloquial, pode significar "não terrestre" ou "não humano". E no contexto católico, que poderia ser tomado para significar também algo espiritual e demoníaco.

Devido ser bastante estranha a notícia do espaço que estivemos rastreando neste site no mês passado ou mais tarde, no entanto, o contexto parece argumentar que Bento está de fato alertando para a súbita mudança de eventos, no Vaticano. Desde que previamente os porta-vozes do Vaticano comentaram sobre a possibilidade de que a vida inteligente não humana poderia ser batizada, o que implica na ideia de que essa vida pode e deve ser evangelizada e convertida, os pronunciamentos mais recentes têm descartado essa possibilidade pelo meio bem conhecido de acolher os nossos "irmãos do espaço", como estando inevitavelmente "mais perto de Deus" do que a humanidade, uma vez que nessa visão eles poderiam não ter caído. Isso, como eu comentei em um blog anterior, é um abandono fundamental das dimensões cósmicas da doutrina da Queda, uma dimensão compartilhada por todas expressões tradicionais dessa doutrina, sejam protestantes, católicos, anglicanos, ou Ortodoxa Oriental.

Mas o significado real aqui é o óbvio: um ex-papa, o primeiro a se aposentar e a se demitir do cargo em quase 600 anos, emitiu um alerta para algo acontecendo dentro do Vaticano. Eu suspeito fortemente que, com as histórias que continuam a girar em torno do banco do Vaticano, com os contínuos escândalos sexuais do clero (e sua supressão), ainda mais com rumores de "prática negra" entre os vários grupos de clérigos e hierarcas, e agora com a estranha reviravolta sobre "irmãos do espaço" emitida do Vaticano, isso do Bento quebrar o silêncio e comentar sobre assuntos enquanto o seu sucessor ainda está vivo, é um grande - ou melhor, uma gigantesca - quebra de protocolo e polidez eclesiástica. Podemos estar de fato olhando para uma constelação de acontecimentos que criaram a verdadeira razão da renúncia de Bento.

E isso só pode significar que Bento XVI está muito alarmado.

Vejo você no outro lado.
Extraído de: http://gizadeathstar.com/2014/05/high-strangeness-pope-benedict-xvi-german-radio-issues-warning-vatican-agenda/
****
Colaboração de
Rosa Amelia Muruci
****
Rio, 16 de maio de 2014
Enviado por Ana Clara Otoni - 
13.05.2014
Papa diz que batizaria ET se um alienígena o pedisse
Montagem: Papa Francisco (Reuters/Max Rossi) e Extraterrestre (Wilkicommons)
"Quem somos nós para fechar as portas do Espírito Santo para alguém?". Baseado na máxima cristã, o Papa Francisco disse durante o sermão na última segunda-feira (12) que batizaria alienígenas se um deles viesse ao seu encontro e fizesse o pedido.

A situação hipotética foi usada pelo Papa Francisco para comentar um trecho bíblico que falava sobre a conversão de povos pagãos e judeus, de acordo com a agência de notícias do Vaticano "News.va" e com o site "The Wire". Sua Santidade contextualizou a  necessidade da igreja em estar aberta a todos os povos fazendo uma referência a marcianos, descritos por ele como "seres verdes, com narizes e orelhas grandes".

"Seria impensável, mas se, por exemplo, amanhã uma expedição de marcianos viesse até nós (sim, marcianos, seres verdes, com nariz e orelhas grandes, exatamente como as crianças desenham) e dissessem: 'Eu quero ser batizado'. O que aconteceria?"

Eles seriam batizados, de acordo com o Papa. 
"Quando o senhor mostra o caminho, quem somos nós para dizer: 'Não, o senhor não é decente'. Não, nós não podemos fazer dessa maneira. Quem somos nós para fechar as portas? Assim como na Igreja antiga e, ainda hoje, deveríamos abrir a porta e receber o povo. Nunca fomos um ministério de portas fechadas. Nunca".
Extraído de: http://oglobo.globo.com/blogs/pagenotfound/posts/2014/05/13/papa-diz-que-batizaria-et-se-um-alienigena-pedisse-535730.asp

Gostou? Compartilhe esta publicação nas redes sociais

Um comentário:

  1. A igreja católica tem a porta fechada para a liberdade de expressão até mesmo do Papa (líder espiritual), mas tem a porta aberta para o enriquecimento material.
    Igreja Católica, que detém o maior número de lingotes de ouro e depósitos nos maiores bancos do mundo, é a maior proprietária mundial de construções históricas, arquitetônicas e artísticas do mundo, avaliadas em bilhões de dólares. Os santuários onde apareceram as Virgens de Lourdes, Fátima, Guadalupe, e outros. A Basílica da Aparecida e tantas dezenas de outros santuários espalhados pelo mundo rendem bilhões anualmente à Igreja Católica. Cada vez que há uma peregrinação em massa a um desses santuários o lucro da igreja se eleva a pelo menos 200 milhões de dólares. A venda de medalhas milagrosas, indulgências, quadros, fotos do Papa, etc., são outra fonte milionária de renda para a Igreja Católica.
    É uma pena o que fizeram das poucas palavras de Jesus, "AMAI UNS AOS OUTROS"

    ResponderExcluir