Jacob Rothschild mandou “desaparecer” o voo MH370 da Malaysia Airlines

Clique aqui para comentar esta publicação





Mal acabei de escrever um artigo sobre o voo MH370 e me deparo mais uma vez com a demoníaca família Rothschild, os fundadores do gueto terrorista chamado Israel, e mais uma vez envolvida em assassinato seletivo(ou sequestro) para beneficiar seus interesses financeiros.
Parece que a questão foi resolvida. A peça do quebra-cabeça que faltava era a patente da tecnologia dos chips!
Quatro dias após o voo MH370, faltava uma patente ser aprovada pelo Escritório de Patentes. Dos quatro titulares das patentes 5 são funcionários chineses da Freescale Semiconductor de Austin TX.
As patentes são divididas em incrementos de 20% para 5 titulares. Peidong Wang, Suzhou, China, (20%) Zhijun Chen, Suzhou, China, (20%) Zhihong Cheng, Suzhou, China, (20%) Li Ying, Suzhou, China, (20%) Freescale Semiconductor (20%).
Se um detentor da patente morre, em seguida, os titulares restantes dividem igualmente os dividendos do falecido se não houver diputa em um testamento. Se 4 dos 5 morre, então o titular da patente recebe o restante ficando com 100% da riqueza da patente.
O titular vivo da patente restante é a Freescale Semiconductor. Quem é o dono Freescale Semiconductor? Jacob Rothschild através da Blackstone Inc que possui a Freescale. Este é o seu motivo para o avião “desaparecer” indo à Pequim.
Como todos os 4 membros chineses da patente eram passageiros do avião desaparecido. O detentor da patente pode alterar o produto legalmente, passando a riqueza para seus herdeiros. No entanto, ele não pode fazê-lo até que a patente seja aprovada. Assim, quando o avião desapareceu, a patente não tinha sido aprovada. Portanto, os Rothschilds receberão 100% da patente, uma vez os outros detentores tenham sido declarados mortos.
Dados obtidos em: g391.ru e periodismoalternativoblog


Fui checar a informação e é verdade! O bandido Jacob Rothschild é o dono da Blackstone Inc:

On September 15, 2006, Freescale agreed to a $17.6 billion buyout by a consortium led by Blackstone Group and its co-investors, Carlyle Group, TPG Capital, and Permira.
Mas vejam só os outros nomes que aperecem! Carlyle Group, o leitor reconhece? Não? É uma corporação fundada em 1987 por Stephen L. Norris e David M. Rubenstein e que hoje é orientada pelos responsáveis da organização dos ataques ao World Trade Center em 11 de setembro de 2001, ninguém menos que George H. W. Bush(pai) e George W. Bush. Com os ataques de 11-S este grupo criminoso conseguiu o pretexto para invadir o Oriente Médio e a Carlyle Group passou a controlar o petróleo iraquiano.
Estamos falando aqui de assassinato em massa para conseguir riqueza e poder!
Agora avisem às famílias dos passageiros do voo da Malaysia Airlines que os Rothschild estão diretamente ligados ao “sumiço” do avião!
Editado – 17-04-2014
O leitor Ernesto publicou nos comentários o link para a Patente, para efetuar o download basta clicar na imagem abaixo.

Óbviamente o texto é técnico e será necessário um tempo para entender o que está sendo patenteado e o que isto aferatá em termos financeiros e tecnológicos. Mas se os Rothschild querem o controle total desta patente, é porque renderá bilhões!


março 16, 2014
  1. guevara2012
    março 16, 2014 às 11:23 pm | #1
    A prova definitiva para ligar o desaparecimento do avião aos Rothschild é a tal patente com os nomes citados no artigo. Como não encontraram destroços, é muito provável que tenha ocorrido um sequestro e com essas informações a questão fica um pouco mais clara.
  2. Extraído de: http://caminhoalternativo.wordpress.com/2014/03/16/jacob-rothschild-mandou-desaparecer-o-voo-mh370-da-malaysia-airlines/

Gostou? Compartilhe esta publicação nas redes sociais

0 comentários:

Postar um comentário