Tempestade força Japão a cancelar 400 voos domésticos

Clique aqui para comentar esta publicação


Fortes ventos chegaram a derrubar caminhões em Toyama - Foto: AFP
O Japão se mantém nesta terça-feira em alerta devido a uma tempestade de vento e chuva que forçou o cancelamento de 400 voos domésticos e a reduzir os serviços ferroviários em parte do país.

A companhia aérea Japan Airlines suspendeu pelo menos 209 voos que tinham Haneda, em Tóquio, como ponto de partida ou chegada, enquanto a All Nippon Airways cancelou 83 em Haneda, Osaka e Fukuoka. No total, várias outras companhias menores suspenderam outros 118 voos, informou a televisão pública NHK.

Além disso, a companhia ferroviária Japan Trilho East reduziu seus serviços na região metropolitana de Tóquio e a frequência de seus trens-bala em duas de suas principais linhas no leste do país.

Segundo a Agência Meteorológica do Japão, o arquipélago será atingido hoje por uma tempestade causada por uma frente de baixa pressão com ventos e chuvas que podem superar 100 km/h em Tóquio.

Em alguns pontos do sudoeste e oeste do país já foram registrados ventos de mais de 130 km/h que, na província ocidental de Toyama, chegaram a virar cinco caminhões, indicou a NHK.

O alerta se mantém em praticamente todas as províncias litorâneas do Japão, onde foi lançada a advertência de ondas de até dez metros no litoral ocidental e de entre seis e oito metros na costa do Pacífico.

Em Tóquio, diversas empresas, entre elas Fujitsu, Nissan e Mitsubishi, reduziram seu horário de trabalho e recomendaram a seus empregados que voltassem a suas casas o mais rápido possível para evitar os efeitos da tempestade.




Gostou? Compartilhe esta publicação nas redes sociais

0 comentários:

Postar um comentário